Quem sou eu?

Minha foto
Olá, sou estudante de teatro mas confesso que tenho afinidades com outras campos de atuação, como jornalismo, moda, decoração, cinema e por aí vai. Um dia pretendo responder à pergunta do meu próprio blog: "então, Tati, qual vai ser?"

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Por quê?

6:51 AM.
Um bimotor da empresa NoAr. 
16 pessoas a bordo.
Pouso autorizado.
Alguns segundos depois...
Pane nos dois motores.
Alerta de emergência.
Tentativa de pousar no mar.
Queda em um terreno baldio.
Explosão...


Destruição total.




Dessa vez, eu não me sinto à vontade de detalhar todos os fatos que compõem este tragédia que aconteceu ontem, numa típica quarta-feira, em Recife.

A única questão que me  perturba e que não sai da minha cabeça é: Por quê? Qual o motivo que está por trás de tal tragédia? Não é possível assitir a um caso desses e não se perguntar o porquê deste acontecimento. Mas se você não se comove, não se põe no lugar dessas pessoas, ou não reflete sobre este fato, é porque você já  perdeu o pouco de humanidade que resta entre nós. A empresa NoAr diz que não havia falhas de segurança, o piloto, o verdadeiro herói, estava de folga e para ajudar um colega, assumiu o dia de trabalho deste. Se não fosse a experiência de mais de 20 anos pilotando, a tragédia poderia ter envolvido (a mais) muitas vidas inocentes. Tantos sonhos perdidos, tantas conquistas interrompidas, tantos casais afastados, tantos filhos, pais, netos se foram... por quê? Acredito que a morte não seja o fim. Mas não podemos negá-la que seja uma separação temporária. E isso dói muito. Isso machuca, corroe a alma. Eu posso dizer com todas as palavras que este tipo de partir é um dos mais terríveis e dolorosos. Imagina: você briga feio com seu pai e, depois, ele não volta mais para casa. Você não tem mais a chance de se desculpar e dizer o quanto ele é importante para você, e o quanto você o ama. Quedas de avião, acidentes de carro, assaltos, balas perdidas... Fatalidade? Acaso? Falta de sorte? Talvez não. Talvez sim. Ou sei lá. Só sei que vou continuar a me perguntar: por quê? Talvez, um dia, cada um de nós encontre a verdade, se é que existe essa verdade.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Jovens conscientemente alienados - parte 1

Todo brasileiro que se preze sabe que o seu país é um paraíso para casos de corrupção em diferentes instâncias da sociedade. 

Mas será que essa nova geração tem plena consciência disso?

E quando falo em "plena consciência" eu me refiro ao fato de que se os jovens brasileiros tem algum tipo de curiosidade, de preocupação, de apenas se informar, ou seja lá qual for a razão,  sobre como anda a realidade do seu próprio país, por exemplo "Como vai a política do meu país? Será que os políticos que eu tive a oportunidade de escolher estão fazendo algo de relevante? E a economia caminha bem, mas essa inflação como pode prejudicar o desenvolvimento do meu país?"...

Eu posso dizer com todas as palavras que eu não vejo (quase) ninguém que tenha entre 18 anos e 20 e poucos anos discutir sobre a situação do país. Na verdade o que eu vejo é conversas sobre celeridades, fofocas, futebol, baladas, ganhar dinheiro rápido, e coisas do gênero. Eu concordo que conversar sobre esses tipos de assuntos é importante, mas SÓ se preocupar com isso é a constatação definitiva que somos jovens alienados - conscientemente. (Esse deve ser o pior caso de alienação que exista).

E respondendo à pergunta do início desse post, a nova geração, na verdade, tem plena consciência de ter escolhido o caminho da alienação, e esse talvez não tenha mais volta.

Mas eu tento ser otimista e acredito que ainda há chances de transformar essa realidade. Você, leitor, precisa entender que só com a sua atitude, o seu interesse, é possível reverter esse caos alienante, e tornar a si próprio uma pessoa crítica, um brasileiro que saiba o que realmente ocorre no seu país. Eu escolhi livremente seguir este caminho, por que acredito no poder da informação, e de que como esse poder me ajudará a construir a trajetória da minha vida. 

Odeio hipocrisia e utopias. Se alguém acha que esta minha atitude de passar na cara a verdade ( que está escancarada, mas é empurrada para dentro do tapete) representa uma ilusão ou hipocrisia, está verdadeiramente enganado e, mais uma vez, alienado.

Jovens conscientemente alienados - parte 2

Se você leu o post acima e teve a coragem de assumir que se identificou com minhas palavras, veja agora se você se identifica com essa notícia, que foi o post anterior a este.

A revista Veja, em sua edição passada, revelou um caso monstruoso de corrupção dentro do Ministério dos Transportes do governo federal.

Você teve o conhecimento deste fato? Você sabe a gravidade deste caso? Continuar a pensar que esse é apenas mais um caso de corrupção do governo, e lálálálá, e vamos deixar pra lá, não tem jeito não é? Todo o dinheiro que os papais e as mamães pagam de impostos vão parar na mão de políticos corruptos "não é nada demais", não é mesmo?  

Isso é um novo banho de água fria? Pode ser. Mas eu faço questão de dizer toda essa verdade, por que ela acomete milhões de jovens deste imenso Brasil. E esta é uma das razões que casos como esse vão continuar a existir em nosso país. A falta de educação por parte de muitos jovens ou a aceitação passiva de muitos outros são indícios da existência de uma corrupção sem prazo de validade. 

Mas para quê vamos nos importar com esse maldito vírus da alienação que prolifera por toda a nova geração? Essa deve ser uma das perguntas recorrentes na cabecinha de muitos jovens.

Se, pelo menos, tivéssemos a preocupação e o interesse em saber como anda a realidade do nosso país, poderíamos:
1- evitar de colocar no poder políticos corruptos ou que tenham suspeitas de corrupção;
2- impedir que o dinheiro público fosse para mãos sujas e indevidas;
3- fiscalizar os passos daqueles que nós escolhemos para comandar esse país;
4- se reunir e fazer protestos de alguma forma, e isso se diferencia de fazer bagunça, significa ter atitude de se impor diante de tanta injustiça nesse país.

Mas, é muito mais confortável continuar vivendo em sua bolha inexorável, levando a sua vidinha que seus pais puderam te dar, aceitando conscientemente o fato do Brasil ser desse jeito mesmo ( isso já até virou clichê) e cultivar esse lifestyle, passando para as próximas gerações as suas melhores amigas, a ignorância e a alienação.

A polêmica revelação de corrupção pela Revista VEJA.

Em sua edição passada, a revista VEJA, publicou informações sobre um caso escandaloso de corrupção no Ministério dos Transportes do governo, comandado pelo partido dos Republicanos, o PR.

Dia 24 junho, houve uma reunião entre a presidente Dilma Rousseff e integrantes do Ministério dos Transportes no Palácio do Planalto. Ela cobrou explicações sobre a explosão dos valores dos empreendimentos vinculados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), sobre aumentos sucessivos dos custos das obras em rodovias e ferrovias e mandou suspender novos projetos. A presidenta ainda afirmou que não há orçamento que consiga suprir os aumentos propostos por este Ministério. E ironicamente disse aos acusados de superfaturamento: " Vocês precisam de babá. E terão três a partir de agora: a Miriam, a Gleisi e eu!" Fatos relatados na revista Veja passada.

A reação de Dilma não é exagero, mas reflete o mal que esse escândalo pode causar em seu governo. Segundo depoimentos concedidos à revista Veja, esse caso de corrupção se assemelha ao Mensalão, do governo Lula. É o seguinte: 
O Partido da República manda e desmanda dentro do Ministério do Trabalho, desde do primeiro mandato de Lula. O PR cobra propina de seus fornecedores em troca de sucesso em licitações e dá garantia de superfaturamentos de preços. As empresas pagam um "pedágio político" de 4% sobre o valor das faturas recebidas. A maior parte dos recursos se destinam aos cofres da direção do PR, comandado pelo ministro (dos Transportes) Alfredo Nascimento e pelo deputado Valdemar Costa Neto ( O cabeça, pois ele decide quem comanda o ministério dos Transportes e quais as empresas que executaram os projetos e as obras).
Valdemar Costa Neto - presidente de honra do PR, dita o rumo do partido atualmente. Tem seu "rabo preso", pois o STF já abriu processo contra ele por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva. E mesmo assim, as pessoas o reelegeram em 2006 e 2010.


Alfredo Nascimento - Ministro dos Transportes e presidente do PR



Esse caso de corrupção envolve ainda setores como o DNIT, a VALEC, e a Aneor. É preciso que todos pudessem ler a reportagem na íntegra da revista VEJA e comprovar a complexidade tamanha que este caso revela. 

Para amenizar essa situação, a presidente Dilma Rousseff aceitou o pedido de demissão do Alfredo Nascimento, e determinou o afastamento de outros quatro integrantes envolvidos no caso. Mas isso não resolve totalmente o problema. Ela conseguiu cortar os cabeças do grupo, mas não impediu que o PR continue a comandar o ministério.

Pra se ter ideia de umas da fraudes desse escândalos, o governo pagou 35 milhões de reais (!) pela construção de 2 quilômetros de uma estrada em Minas Gerais.

Há possíveis alegações que uma parte do dinheiro coletado ilegalmente serviu para custear a candidatura de Dilma. Ela diz que pretende destruir o esquema de corrupção do PR, mas não será capaz de realizar isso, se a sua campanha presidencial estiver ligada ao encarecimento das obras. Mas essa era a oportunidade para a presidente nomear para o Ministério dos Transportes alguém de sua confiança e que esteja de acordo com as suas diretrizes.

O que se sabe até agora é que está sendo negociado com o mesmo  partido, o PR, a escolha do novo ministro.

Nas escolas de corrupção em Brasília, poder, propina, e prosperidade financeira são pré-requisitos que devem ser adotados pelos seus alunos, desde do jardim de infância.
Dessa forma, cabe a nós, cidadãos, nos comportar como BABÁS de todas essas criancinhas inocentes e indefesas acometidas pelo vírus da corrupção e da impunidade.


OBS: Como é bom viver em um país com liberdade de expressão atuante, pois ainda existem pessoas interessadas em denunciar a impunidade e a corrupção que permanece neste país.

Você sabe quem está por trás da empresa NEYMAR?

Todos nós sabemos que o grande craque do momento é o jogador santista Neymar, que já está sendo considerado como o  "Pelé do século XXI". 
Agora, o que muita gente não sabe, e não tem a menor ideia é que para construir o mais novo craque do futebol brasileiro, exige muito trabalho, muito esforço, e muitaaaa grana!

 A construção de um ídolo- milionário.

Tudo começou quando nada menos do que o treinador de Robinho, o Betinho, notou que o pequeno Neymar, aos 6 anos de idade, tinha uma coordenação motora fora do comum e decidiu treiná-lo.
Aos 7 anos já estava treinando como um profissional (acreditam??). Ganhava resistência muscular com treinos na praia e aprendia a chutar com as duas pernas - o que hoje ele executa muito bem.
A partir dos 11 anos, o minicraque só tinha uma folga semanal, e participava de campeonatos no campo e no salão. E sempre era considerado o astro por onde passava. E vale ressaltar que havia o grande apoio do seu pai, Neymar da Silva Santos. Esse já havia sido jogador, mas não obteve sucesso nenhum, jogou em pequenos times, sem maiores oportunidades.

 Neymar Pai sabe tudo o que fazer para uma carreira de jogador não dá certo.

Aos 12 anos sua vida mudou completamente. Betinho, seu treinador, o entregou para o empresário Wagner Ribeiro, com o seginte conselho:
"Dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Mas aqui na Vila Belmiro caíram três raios: Pelé, Robinho, e esse menino Neymar, que eu trouxe pra você cuidar."

E não é que Ribeiro "botou fé" no conselho de Betinho, e tomou todas as providências para transformar o futuro do pequeno Neymar. Como exemplo, o "tal" Real Madrid se interessou pelos dribles fabulosos do menino de 13 anos, e fez uma oferta (tipo um X-Tudo): casa, carro e 10.000 euros mensais para contratá-lo. Porém, o Santos, que não é besta, cobriu a oferta do time espanhol e segurou com unhas e dentes o pequeno jogador. 
Aos 17 aninhos, na iminência de estrear no time profissional do Santos, Neymar recebia 55.000 reais mensais, e já era rotulado como a maior revelação da base santista em muitos anos.
Aos 18 anos, uma reviravolta ocorreu na carreira do jogador. 
O Chelsea, timizinho da Inglaterra, ofereceu uma proposta milionária pelos dribles do Neymar. Nada menos do que 35 milhões de euros...

Nós, simples mortais, não temos a menor ideia da quantia dessa grana, mas sabemos que ela tem o poder fatal de influenciar diferenciados grupos da sociedade. Para justificar essa constatação, veja bem...

Houve uma reunião numa das salas de um grande banco em São Paulo, entre: o Neymar Pai, o empresário do jogador e uma dezena de executivos de bancos e de agências de publicidade com interesses na carreira do craque. O presidente do Santos, Luis Alvaro, usou uma tática infalível para convencer o pai de Neymar a deixar seu filho no time santista.
Afirmando que Neymar seria o próximo a ocupar o lugar do grande ídolo esportivo nacional (depois de Ayrton Senna), Luis Alvaro passou o seu celular para o pai de Neymar, dizendo que uma pessoa gostaria de aconselhá-lo. Bem, do outro lado da linha, a voz do maior jogador da história, que veio do time santista, apelava para a permanência de Neymar no Santos.
O pai de Neymar seguiu exatamente os conselhos de (nada menos do que) Pelé, com a condição de transformar seu filho em O melhor jogador do mundo...

Enfim, Neymar, de 18 aninhos, se firmou como um fenômeno no Santos e fora dele. Claro, isso vem de todo seu esforço, porém há uma grande máquina de profissionais que funciona sincronicamente para prover todo o sucesso desse craque, como psicólogo, fonoaudiólogo, fisiologista, professor de inglês, de espanhol e de conhecimentos gerais. Além disso, quem comanda a administração de suas finanças é o vice- presidente do Banco Santander, José Berenguer. Isso tudo é um grande investimento que tem retorno garantido.
Pra se ter uma ideia, Neymar é o garoto-propaganda mais disputado do Brasil. Ele vende de celular a mortadela!
Fatura 850.000 reais com publicidade, e 150.000 reais com o salário do Santos. Mas todo seu dinheiro é investido pelo Neymar Pai, só restando 10.000 reais de mesada para Neymar.

Pensando bem, esse pai sabe o que está fazendo. Imagina 1 Milhão de reais na mão de um garoto de 19 anos?! Não há tratamento psicológico suficiente para sustentar o talento e o posicionamento correto de um futuro jogador - melhor do mundo. Isso até já foi comprovado com alguns escândalos da carreira de Neymar, como a discussão com o ex-treinador do Santos, Dorival Júnior, que resultou em uma crise dentro do time.

É melhor baixar essa crista da cabeça, Neymar,  e continuar a ser o tipo "bom-moço" por que essas pisadas na bola não serão aceitas pelo público futebolístico.

Sabemos que há o grande sonho de quebrar um tabu: ser eleito o melhor jogador do mundo "fora" da Europa, ou seja atuando em um time brasilero.

Se isto realmente acontecer, será inédito, mas, com certeza, nada acidental.










 





terça-feira, 3 de maio de 2011

É o fim do "esconde-esconde" de Osama bin Laden?

Domingo, por volta das 23:45h, fui surpreendida quando no canal da GloboNews anunciou a seguinte nóticia: " Os EUA afirmam que Osama bin Laden está morto."
Minha primeira reação foi de choque e saí correndo pra poder compartilhar essa notícia histórica, mas aqui em casa todos já estavam dormindo, causando grande frustração.

Acho que todos vocês viram tamanha repercussão global gerada pela morte de um dos piores assassinos terroristas, líder da rede terrorista da Al- Qaeda que  cometeu crimes absurdos contra a humanidade, incluindo os ataques de 11 de setembro de 2001 contra os Estados Unidos.

Obama fez um pronunciamento para o mundo por volta das 00:30 da segunda-feira, dia 2 de maio, anunciando que os Estados Unidos conseguiram encontrar Bin Laden e o mataram.

Nesse momento havia milhares de americanos, incluindo muitos jovens, na frente da Casa Branca festejando o acontecimento histórico.

Eu vi um depoimento de um jornalista brasileiro que ficou super emocionado (por sinal eu fiquei também ao ouvi-lo) com uma declaração espontânea de uma americana  dizendo, mais ou menos, assim: Divulgue  e espalhe para todo o mundo para que todos saibam que este homem está morto, por que a minha filha morreu no 11 de setembro!

Gente, abre um parentêses agora, e vamos raciocinar como "ser humano":
o "cabeça" da rede terrorrista Al- Qaeda, que comandou diversos ataques (como aquele que matou 191 pessoas no metrô em Madri, em março de 2004, o que atingiu o sistema de transporte público de Londres, em julho de 2005, e obviamente, o 11 de setembro nos EUA,  que tomaram quatro aviões de carreira e jogaram contra as torres do World Trade Center e do Pentágono, matando mais de 3000 mil pessoas), merecia estar vivo entre nós e quem sabe formando novos líderes terroristas?!

No mundo ideal, a coisa certa a fazer seria capturá-lo e julgá-lo devidamente.
Mas acontece que nós não moramos em mundo ideal, mas no mundo REAL, pessoas como o Bin Laden não merecem estar vivos. 

É claro que a sua morte não vai alterar o sentimento da perda de quem perdeu familiares e amigos em ataques terroristas, mas  o alívio e uma certa "vingança boa" será sentida não só pelas pessoas afetadas diretamente, mas também as afetadas indiretamente, ou seja, todos nós.

Certamente, o mundo deve ficar em alerta por que, infelizmente, possíveis ataques terroristas irão acontecer. Eles serão movidos pelo ódio da "possível" morte do "grande homem", assim chamado pelo fundador de um dos grupos de militantes islâmicos mais violentos do Paquistão, Hafiz Mohammad Saeed, que encoraja muçulmanos a se orgulharem do Osama Bin Laden.


A história do ataque a Bin laden foi relatada da seguinte maneira:
O ataque realizado pela força de elite da marinha dos EUA, a SEAL, chegou até a Fortaleza do líder terrorista na cidade de Abbotabad, próximo a Islamabad, capital do Paquistão. 

Em 4 helicópteros, deu-se início a um tiroteio por causa da reação das pessoas. Na troca de tiros, Bin Laden, que estava desarmado, teria sido baleado na cabeça, segundo oficiais do governo dos EUA que ressaltaram o fato que militares americanos resistiram aos ataques dos oponentes. Mas um avião teria caído na região.
Outros três homens e uma mulher teriam morrido no ataque.  Um homem seria um dos filhos do terrorista e os outros dois trabalhavam como mensageiros para Osama. A esposa de Bin Laden recebeu um disparo na perna durante a ação e não foi morta. Ela estava no mesmo quarto do terrorista.



Essa operação estava sendo planejada desde de agosto do ano passado, quando os americanos conseguiram uma pista segura do paradeiro de Bin Laden.

Foto divulgada pela Casa Branca mostram Obama acompanhado por Hillary Clinton e a equipe de segurança nacional na Sala de Situação, na Casa Branca, vendo em tempo real a operação que culminou na morte de Bin Laden.

Detalhe: essa operação bem sucedida, segundo os EUA, ajudará na campanha de reeleição do presidente Obama em 2012. Nesse momento, claro, que a sua massiva oposição (leia- se republicanos) está quietinha, com o "rabinho entre as pernas". É provável que muitos se aliem de alguma forma (leia-se POLÍTICA) a Obama para tirar proveito de sua popularidade.

Afinal, poder atrai tudo e a todos, principalmente os mais hipócritas, em qualquer contexto.

Mas por que será que, ao escrever o título do post, eu coloquei uma interrogação e não um ponto, ou seja, uma afirmação sobre a morte de Bin Laden ??

Por que há muitas interrogações que precisam ser respondidas pelos EUA. São elas:

1- Onde está o corpo de Osama bin Laden?

Os EUA afirmaram ter jogado o corpo do terrorista no mar para seguir a tradição muçulmana e evitar peregrinação ao corpo. Porém segundo o porta-voz do centro Al-Azhar, alta autoridade intelectual do islã sunita, o islã é contra sepultamentos no mar.

2- O Paquistão tinha conhecimento sobre operação contra a 'fortaleza' de Bin Laden?
Barack Obama, afirmou que a morte foi consequência de uma ação de inteligência do Exército norte-americano em parceria com o governo do Paquistão. Mas a operação realizada no domingo foi realizada, exclusivamente, por forças americanas, em prol de manter o sigilo.

3- Os seguranças de Bin Laden teriam derrubado um helicóptero durante o combate com as forças americanas?
Segundo os EUA, o helicóptero teve "problemas mecânicos", e a tripulação conseguiu se ejetar a tempo. Nenhum militar ou civil havia sido morto na operação. De acordo com informações das agências de notícias, houve um tiroteio entre os militares americanos e as forças de segurança do terrorista.

4- Por que há tanto suspense na divulgação, pela Casa Branca, das fotos de Bin Laden morto?
Segundo o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, a foto do terrorista morto é monstruosa e que é preocupante a repercussão que será gerada com a divulgação.

Na minha opinião, uma operação de tamanha importância e com um desfecho determinante para o destino do sistema terrorrista deve ser oficializada, ou seja, comprovada para que não restem dúvidas e nem frustrações sobre a morte de um dos piores terroristas existentes na história mundial.













sexta-feira, 29 de abril de 2011

O "conto de fadas" do século XXI

Tudo pronto para o casamento mais esperado e mais ostentoso de todos os tempos. Está estimado em mais de 52 milhões de reais!
Este é o primeiro casamento real do futuro herdeiro do trono inglês que a minha geração terá a oportunidade de assistir.
Espera-se que 2,5 bilhões de pessoas estejam assistando à grandiosa cerimônia.
Mesmo que haja aqueles que "não estão nem aí", o senso comum fala mais alto. E digo mais, o sonho de conto de fadas surge, inconscientemente ou não, e como um toque de mágica, mexe com os sentimentos de todos nós.
Além disso, o matrimônio não apenas significa a união concreta de William e Kate, mas há as curiosas entrelinhas, ou seja, esse casamento majestoso pode gerar consequências fatais dependendo da credibilidade daquela utópica expressão que todos conhecem: "felizes para sempre".

O retorno da utopia dos amantes ("felizes para sempre") em pleno século XXI ?


Bem, "felizes para sempre", isso temos certeza que será impossível de acontecer, até por que não importa se você é apenas um humilde plebeu ou o herdeiro do trono britânico.
Mas o sucesso desse conto de fadas importa, e muito, para o futuro e para os negócios da monarquia, em outras palavras, é preciso dá uma energizada no marketing da coroa britânica.

A indignação popular pela indeferença da família real, no contexto da morte prematura da adorada Lady Di, causou um abalo considerável na permanência do regime monárquico já que mais da metade da população defendia a sua extinção.

Mas, "o tempo é remédio para tudo" não é mesmo? Até para as questões existenciais de uma monarquia que, aos trancos e barrancos, sobrevive em pleno século XXI. 
Hoje, 29 de abril, Kate, um símbolo de renovação, precisa entrar com o pé direito na milenar Abadia de Westminster para que seja reparado o glamour, não ostensivo, da anacrônica monarquia britânica.

Abadia de Westminster: o local da cerimônia

Kate Middleton foi vista, pela primeira vez pelo príncipe William, durante um desfile de moda beneficente na Universidade de St. Andrews, na Escócia. Ela usava um vestido transparente e apenas duas peças de lingerie preta! Com o seu 1,78m, suas longas pernas fisgaram o príncipe naquele dia. Nesse mesmo ano, os dois passaram a dividir uma casa estudantil com outros dois amigos.

O vestido sensual de Kate foi leiloado por US$ 125 mil – a expectativa era de que ele fosse vendido por até US$ 14 mil. O custo dele foi menos do que US$ 50...

A relação amorosa surgiu e atualmente ele estão juntos, de fato, há sete anos e meio. Isso mostra uma boa compatibilidade no relacionamento do casal.
Além disso, Kate,com 29 anos e alguns meses mais velha que William, demostra possuir uma personalidade forte, madura e parece estar centrada em seu papel. Com todos os anos de namoro, ela acumulou aprendizado, consequentemente, experiência, em face ao protocolo da realeza.

Ao fazer uma comparação, inevitável porém interessante, com a personalidade de sua sogra, Diana, vemos muitas divergências em diversos quesitos.

Exemplo, Diana tinha um estilo frágil e emocional. Quando casou com o príncipe Charles, tinha 20 anos, apenas 6 meses de namoro, e era 12 anos mais nova que o marido. Constantemente, era repreendida pela Rainha-Mãe.
Kate possui curso superior completo (história da arte), Diana apenas concluiu o segundo grau.



estilo maduro e comedido, relação sólida e próspera
Frase marcante: "Ele (William) tem sorte de sair comigo"

estilo frágil e emocional, relação instável e escandalosa
Frase marcante: "Eu tenho sorte de ser princesa"


Hoje apenas 13% defendem a extinção da coroa britânica.
Esse dado justifica que a maioria da população inglesa deseja a permanência do tradicional regime monárquico, porém com um frescor de modernidade e renovação trazidos pela jovem plebéia Kate e futura rainha (assim esperamos) Catherine.

Claro, não poderia deixar de falar sobre o vestido da noiva que causou diversas especulações nessas últimas semanas. Ainda é um mistério para todos nós. Vamos aguardar para comentar tudo depois!

E, se um dia Kate se tornar rainha, ela será a primeira esposa de um monarca britânico a ter se formado em uma universidade, desfilado vestida apenas de lingerie e vivido com um rei antes do casamento.


Excelentíssima rainha Elizabeth II, quer mais modernidade que isso?











quinta-feira, 28 de abril de 2011

MESSI É MASSA!

Como os últimos posts foram bastante tensos, resolvi descontrair um pouco.
Vou assumir, antes de começar o meu post, que eu não entendo quase nada do mundo futebolístico, apesar de namorar um jogador de futebol, mas isso não interfere muito não...
Porém não é preciso ser um expert da bola para ficar estarrecido com as finalizações de Messi  na semifinal da Liga dos Campeões, nessa quarta-feira, envolvendo dois dos maiores clubes do mundo e arquirrivais na Espanha: Real Madrid e Barcelona.

O melhor jogador do mundo, Messi, fez os dois gols da vitória por 2 a 0.

O primeiro gol foi, de acordo com meus humildes conhecimentos futebolísticos, foi mais comum, sem tirar o talento do nosso craque, claro.

Mas o segundo gol... Noooossa! O que foi aquilo?
Messi saiu quase do meio campo e deu uma arrancada que para acompanhar o baixinho é preciso ver um re-re-...replay do lance. Ele disparou tão rápido que uns três jogadores do Real Madrid não tiveram reflexo suficiente para alcança-lo. Quando chegou na área, chutou com o pé direito que nem Casillas (esse eu conheço da Copa do Mundo haha) conseguiu evitar essa façanha, e vamos combinar, não era justo né?

Só um craque da mais alta categoria pode realizar um feito como esse!
 É lindo de ver! Confiram o vídeo dos gols, é só clicar no título do post. Realmente vale a pena!


Bom, agora nem adianta o Cristiano Ronaldo fazer carão por que, queridooo, agora todos os holofotes estão voltados para o craque de apenas 1,69m! (tamanho não é documento ein!)



Ah Cristiano, agora só resta ficar chupando o dedinho...

terça-feira, 26 de abril de 2011

"Não é nada demais..."

Pra começar esse post, decidir iniciar com o famoso clichê do jeitinho brasileiro: "Não é nada demais..."


Essa semana alguns exemplos típicos que expressam exatamente o que alguns brasileiros definem como se não tivesse nada demais em tomar tal atitude e deixam por isso mesmo, ou seja, o tempo é o remédio para tudo né? Até para a permanência da alienação e do comodismo social.


Primeiro caso. O mais grotesco e irritante (sem noção meeesmo).
O senador Roberto Requião (PMDB-PR) disse na tarde desta terça-feira (26)  que perdeu a paciência ao tomar o gravador das mãos de um jornalista da Rádio Bandeirantes durante uma entrevista realizada na segunda-feira (25).
O jornalista lhe questionou se ele abriria mão de sua aposentadoria como ex-governador do Paraná, no contexto da alta inflação que o país está vivenciando atualmente. 
O senador, simplismente, tomou o gravador do jornalista, o ameaçou a agredi-lo e levou o gravador consigo e apagou a entrevista.


“Já pensou em apanhar, rapaz? Já pensou em apanhar? Me dá isso aqui. Não vai desligar mais p... nenhuma. Vou ficar com isso aqui”, disse Requião, em entrevista que ele mesmo divulgou na internet.

Requião alegou que sofreu abuso por parte do jornalista, e disse mais, que sofreu bullying na entrevista.
Essa foi o cúmulo! Ele se aproveitou do momento em que o bullying está na mídia, por ser um assunto bastante comentado e analisado por causa da tragédia de Realengo, para tentar se defender de uma atitude indefensável.
A gentileza deste senador expressa, primeiro, o desrespeito ao outro, e em segundo lugar e não menos importante, a quebra de um dos mais importantes princípios de uma democracia: a liberdade de expressão.

Outro caso que "não é nada demais" é  A Land Rover usada pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), um futuro candidato à presidência da república, que foi parada em blitz da Lei Seca, domingo, no Leblon, recebeu só este ano duas multas de trânsito no Rio por excesso de velocidade. Claro, ele se recusou a fazer o teste do bafômetro gerando grande repercussão entre oposição e aliados. Na verdade, a CNH de Aécio estava vencida há dois meses, até ser apreendida no Rio. E de acordo com o DETRAN(MG) o exame de saúde de Aécio, necessário para atestar se o condutor é apto a dirigir, está pendente e, portanto, não poderia renovar a CNH.
É vergonhoso atestar a tamanha prepotência de algumas autoridades que se acham que estão acima de tudo e de todos.

Sem contar que com menos de um mês à frente do cargo, a diretora em exercício da Polícia Rodoviária Federal, Maria Alice Nascimento Souza sofreu com a suspensão de sua carteira de habilitação pelo Departamento de Trânsito (Detran) do Paraná, por ter acumulado 30 pontos. Isso aconteceu por causa de uma denúncia numa reportagem de anteontem do Fantástico, da TV Globo. A diretora afirmou que a suspensão não impossibilita o exercício de seu cargo. Desculpa diretora, mas o respeito e a credibilidade da instituição diminui consideravelmente.


Pessoas públicas, entendam que vocês devem preservar a sua imagem e além de tudo dá o exemplo para todos os cidadãos. Ou pelo menos, admitam que também erram, por que faz bem se humanizar, tirar o ego do centro, saber respeitar o outro e assumir as consequências.

Afinal, "não é nada demais" não é mesmo?






quinta-feira, 7 de abril de 2011

TRAGÉDIA em Realengo...

O Brasil e o mundo comovem-se pela tragédia que ocorreu em Realengo, no Rio de Janeiro.

É com muita tristeza e emocionada que eu faço esse post.
É muito duro escrever sobre isso.
Não tem como não se comover e se revoltar com essa terrível história que aconteceu hoje, na Escola Municipal Tasso de Oliveira, em Realengo(RJ) por volta das 8 horas da manhã.

O ex-aluno Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, entrou na ex- Escola pedindo o seu histórico escolar, propondo participar de um programa de ex-alunos palestrantes. Ao ficar sozinho, no primeiro andar, atirou contra alunos em salas de aula lotadas.

Um dos meninos feridos correu para fora do colégio, encontrou o policial Márcio Alves que estava de serviço próximo à escola e pediu socorro. O corajoso policial entrou na escola, encontrou o assassino na escada do segundo andar. O atirador chegou a direcionar a arma contra o policial, mas bravamente Márcio Alves conseguiu atingir as pernas do assassino que, em seguida, atirou em sua própria cabeça, cometendo o suicídio.

O policial Márcio Alves: o herói.

Ainda havia munição na arma desse assassino. Se não fosse pela coragem e habilidade desse policial, mais crianças poderiam ser assassinadas friamente.

Foram 12 crianças assassinadas: 10 meninas e 2 meninos.
11 crianças estão internadas em hospitais.

Essas não são as únicas vítimas desta tragédia. As vítimas são mais de 400 crianças que estavam nesta escola, são as famílias dessas crianças que estão atormentados com esta lastimável situação, são todos os profissionais que trabalhavam nesta escola e foram surpreendidos por esse crime trágico e que não tem precedentes aqui no Brasil.

Essa é uma experiência, no mínimo, traumatizante e chocante para todas essas pessoas mencionadas acima, e claro, para nós, brasileiros. Será necessário um grande e intenso trabalho psicológico para que as vítimas, diretas ou indiretas, tentem superar este acontecimento lamentável.

O estudante Marcus Vinicius, de 10 anos, estava no último andar da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na Zona Oeste do Rio, quando ouviu muitos tiros. 'Pensei que fosse morrer', contou ao G1.

Difícil de responder quem era esse "animal" (expressão usado pelo Governador do RJ, Sérgio Cabral e concordo plenamente), esse doente psicopata que teve a coragem de cometer essa tragédia.
Sabe-se que estava bem preparado para o acontecido. Estava tudo premeditado. Possuía duas armas, calibre 32 e 38, e grande habilidade para recarregá-las. Destruiu aparelhos eletrônicos em sua casa. E, por fim, escreveu uma carta complexa, detalhando como gostaria que fosse sepultado (ao lado da sua mãe adotiva) e que alguma pessoa crente em Deus orasse por ele pedindo o seu perdão.

As reflexões sobre soluções para tentar evitar uma tragédia (inédita no Brasil) dessa natureza serão muitas. Porém, apenas, terão efeito a longo prazo.

Agora só resta a nós, brasileiros, sensibilizarmo-nos e tentar ajudar as vítimas desse trágico episódio, de alguma forma, seja mentalizando, orando, mandando boas vibrações, ou algo parecido.
É a única atitude que podemos tomar, já que todos nós somos vítimas impotentes diante desse massacre de violência extrema.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Você sabe quem é o Deputado Bolsonaro?


Eu escolhi essa foto para começar o post com uma intenção.
O que você entende pela foto? Qual a sensação que o deputado Jair Bolsonaro(PP-RJ) passa para nós?
VERGONHA.

Isso é o que ele deve sentir ao ter feito declarações polêmicas e inaceitáveis durante uma entrevista para a cantora Preta Gil, no programa CQC no dia 28/03/2011.

Bem, Preta Gil questionou o deputado como ele reagiria se seu filho casasse com uma mulher negra.
Resposta: “Não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Não corro esse risco porque os meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambientes como lamentavelmente é o teu.”


Vamos refletir um pouco sobre essa afirmação.


1) Até que ponto uma opinião está inserida na questão da liberdade de expressão?


Sabemos que um dos princípios básicos de uma democracia é a liberdade de expressar sua própria opinião.
Mas, pórem, entretanto, contudo existe um limite. E qual seria este neste caso?
É o desrespeito perante a dignidade do outro (seja qual for esse outro), ou seja, está bem claro que ele cometeu um crime de racismo da injúria (ofensa).
Ele relacionou a cor da pele com o conceito de promiscuidade(de acordo com o "pai dos burros" significa ter relações sexuais com diferente parceiros sem relação afetiva) e, além de tudo, confessou (inconscientemente ou não) que utilizou uma educação racista ao passar valores para seus filhos.


2) Qual a explicação do deputado para (tentar) esclarecer seu ponto de vista?


"A resposta dada deve-se a errado entendimento da pergunta - percebida, equivocadamente, como questionamento a eventual namoro de meu filho com um gay."


Que hipocrisia! Além de atestar o crime de racismo, percebemos a homofobia presente em seu discurso.
"É inadmissível que um parlamentar cometa um crime, especificado no código penal como inafiançável, e não conheça as leis que nós mesmos somos responsáveis por criar", destaca o deputado Brizola Neto(PDT-RJ).


3) Qual foi a repercussão perante tal polêmica?


O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ), ( siiim, o vencedor do BBB 5) acredita que Bolsonaro usa a homofobia para fugir de condenação legal e, por ser deputado, poderia ser processado por quebra de decoro parlamentar. No código penal, a homofobia não se constitui um crime. 








"Como se vê, Bolsonaro praticou o crime de racismo, mas como ele sabe que é crime, ele tem tentado convencer a opinião píública e está assumindo a questão homofóbica".
"O histórico do Bolsonaro todo mundo já conhece. A gente decidiu fazer essa representação porque ele sempre praticou esse tipo de abuso e ninguém nunca representou contra ele. Talvez porque não houvesse aqui um homossexual assumido", declarou Jean Willys, em referência à própria orientação sexual.



Preta Gil, ofendida, afirmou que pretende processar o deputado Jair Bolsonaro.


4) O racismo e a homofobia persistem na realidade brasileira.

No Brasil, a sensação que nos dá é que as práticas do racismo e da homofobia continuam (muitas vezes são camufladas ou subliminares), sem ninguém assumir ser racista e/ou homofóbico.
As leis com suas devidas punições existem ou existirão (o texto, que propõe a criminalização da homofobia, foi aprovado na Câmara em 2006, mas até hoje não foi analisado pelos senadores). Porém não são capazes de mudar a mentalidade dos indivíduos preconceituosos. 

É preciso cortar o mal pela raiz, isto é, repensar o modelo de educação da sociedade. Esse é um processo de transformação cultural.
Abolir a crença em segregação racial, é o primeiro passo para iniciar esse processo.
Adotar políticas públicas, como a política da informação ajudaria a divulgar que a orientação sexual ou a cor de pele de um cidadão em nada interfere no seu caráter.

Para finalizar, escolhi um pensamento do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, e serve para refletirmos a origem do racismo (homofobia se enquadra também) na nossa sociedade.



"Ninguém nasce racista. Para odiar, as pessoas precisam aprender"


sábado, 19 de março de 2011

Por aí! - ZARA

Essa semana eu não resisti, e entrei na  Zara para dá um look na nova coleção da marca.
Nooossa! Vocês imaginam né? Roupas maravilhosas! E o que chamou mais atenção foram as estampas das blusinhas e dos vestidos! E, claro, os sapatos! Os tons amarronzados e o quadriculado são destaques. Vale a pena "quebrar o porquinho" e passar por lá.

Fotografei com meu celular alguns looks (a qualidade não tá boa mas dá pra ter uma ideia).

Vestido longo (R$219,00)- essa estampa é linda! Estilo despojado e cai muito bem com a botinha amarronzada:


Eu quero!  (R$ 139,00)



blusinha cool(69,00)+ calça capri(139,00)+ lenço quadriculado(49,00)+bolsa jeans(139,00)
A criatividade é tudo na hora de montar um look
mas... use sempre o bom senso.


As estampas divertidas são frequentes na coleção.


blusa cool "veadinho"(59,00)+ saia estilo estudante quadriculada(99,00)+ bota cano alto(259,00)



A bota em destaque! Além de linda, parece ser muito confortável e "democrática", ou seja, pode ser usada em diferentes looks.



O destaque da foto é: Vestido quadriculado (219,00)
Pode-se acrescentar um cinto para marcar a linda abaixo do busto ou a cintura.


O clássico está em alta! Sapato oxford (199,00)


























terça-feira, 15 de março de 2011

Maria (NÃO) Mariooooh!


Fiiiinalmente Maria caiu fora desse "mau-mau" carma, e fez a coooisa certa!
Quem mandou o mauzinhu fazer RockandRoll demais?? ihihihiih
Aquilo tava mais pra um Rock do Bon Jovi do que o Rock do Red Hooot!
E para TUDO! Vamo combinar que o Wesleeey é o cara mais fofocuxo que já existiu nos BBB's né?!
Putz, até chazinho ele fez para tirar a ressaca da Maria! aiaiaaiai....

Mas... será que segunda feira, no cinema do BBB, vai rolar: MAUMAU,o RE-RETORNO?!
iiiiih... tá difícil ein... dessa vez o Mau-mau, que foi dá uma de mau(gostosão), se deu mau literalmeeeeente! hahahhaha

quinta-feira, 10 de março de 2011

Mulherão ou Mulherzinha: qual vai ser?

A história da mulher tem muitos altos e baixos. Até o movimento feminista surgir, a mulher pertencia a uma classe discriminada a qual não possuía direitos nem participação ativa na sociedade, apenas uma atuação passiva de acordo com os costumes sociais impostos pela sociedade, em pelo menos 99,9% dos casos.


Hoje, século XXI, as mulheres são herdeiras das conquistas sociais provenientes não só do movimento feminista em si, mas também das escolhas liberais de suas mães, de algumas avós e pouquíssimas bisávos.
O grande desafio para a mulher contempôranea é: encontrar o equilíbrio entre as diversas "funções do modelo atual feminino".  Será possível ser o mulherão e a mulherzinha?


Da esquerda para direita, são respectivamente:
1. Meryl Streep: premiada atriz norte-americana e recordista em indicações ao Oscar, foram no total 16, tendo vencido em 2 ocasiões. Possui 4 filhos.
2. Oprah Winfrey: apresentadora e atriz norte-americana, vencedora de múltiplos Emmys pelo seu programa The Oprah Winfrey Show, o talk-show com maior audiência da história da televisão estado-unidense. Oprah já declarou publicamente que nunca teve filhos, mas disse que suas alunas sul-africanas da "Oprah Winfrey Leadership Academy for Girls" ocupam o lugar que seria dedicado aos seus filhos.
3. Fernanda Montenegro: é uma atriz brasileira, considerada uma das maiores damas do teatro, TV e cinema de todos os tempos. Está com 81 anos e ainda está ativa. Possui 2 filhos.
4. Roseane Callado: Adivinha?? Minha mãe! Ela é uma competente médica e atende famílias cuja condições financeiras são muito precárias. Possui 2 filhas.

A resposta a essa polêmica pergunta depende do tipo da mulher que você escolheu ser ou quer ser. Há mulheres que preferem, primeiramente, investir na sua carreira profissional e na formação de uma família, simultaneamente. Há outras que optam pela profissão em vez do casamento. Há casos que elas não admitem abdicar de seus sonhos pessoais ou de sua vida privada, preferem trabalhar menos e aproveitar sua família mais.
“Encontrar o equilíbrio” é muito relativo. O importante é a mulher não se autocriticar por não conseguir realizar com êxito todas as “tarefas de uma mulher”. Essa ideia é muito arcaica e deve ser banida da sociedade.
Por que eu necessito ter um filho? Por que eu devo me casar? Por que eu preciso está sempre linda e atraente? O casamento e a maternidade fazem parte do leque de escolhas de cada indivíduo, independente do sexo, e pelo fato de serem decisões que mudará a sua vida, você necessita e deve está pronto para encará-las.


Você está preparada?


A grande vitória do sexo feminino é ter o poder de escolha, ou seja, de tomar suas próprias decisões na sua vida e de não aceitar a discriminação por parte de qualquer indivíduo, seja homem ou a própria mulher.  
Infelizmente, há algumas questões cruciais a serem resolvidas na sociedade. Uma delas é a valorização do trabalho feminino, consequentemente a igualdade dos salários. Esse é um motivo de justa insatisfação feminina.
Outra questão é a divisão dos trabalhos domésticos. É dever tanto do homem quanto da mulher zelar pela casa e cuidar dos filhos. Assim como é direito para ambos os sexos, cuidar de sua saúde, da sua realização profissional e de seus desejos pessoais. Tudo isso deve ser resolvido com o bom senso entre as duas partes do relacionamento.
Independente em qual caso a mulher está inserida- um mulherzão, uma mulherzinha, ou ambos, ou nenhum dos dois- o importante é a sua autovalorização. Realizar as suas escolhas, combater a discriminação, lutar pelos seus direitos como qualquer outra causa social (afinal você não é vítima de nada, apenas é um cidadão como outro qualquer)  e entender que homem e mulher são seres opostos mas que possuem desejo de alcançar um espaço valorizado na sociedade, na família e no mercado de trabalho.

A busca para a realização pessoal e profissional é um objetivo comum e um direito para mulheres e homens.




Obs: Deixe sua opinião sobre o assunto e responda: "Qual a sua prioridade, investir na profissão ou na formação de uma família?"